Radioconcha

Vanessa BumbeersRadioconcha

(Parceria com Tom Nóbrega)

Madeira, circuito eletrônico analógico, fones de ouvido, chapa de cobre.

60,0 x 38,5 x 14,0 cm

“(…) vou tentar sintetizar aqui Radioconcha, é um aparelho tradutor de recepções incorporais, a antena desse aparelho é o corpo humano (L.N.) que está em extrema concentração-transe. O aparelho é composto por um player k7 (com gravações de sessões passadas), um rádio cristal diodo (sessões ao vivo), duas chapas de cobre, fones de ouvido (cada orelha conectada no passado e presente em escuta ao mesmo tempo) e um circuito medidor de pulsos com um indicador luminoso (baseado no Detector de mentiras) ligado às chapas de cobre. Radioconcha funciona assim, a pessoa-antena (L. N.) se conecta a máquina (coloca fone de ouvido + as mãos sobre as chapas de cobre), o rádio cristal é sintonizado em uma faixa de ruído branco e o player k7 ligado em looping, a sessão se desenvolve com a pessoa fazendo a escuta-antena, seu corpo é um receptor e amplificador de sinais, caso ocorra alguma recepção sútil durante a sessão o corpo vai informar através de sensíveis alterações de carga energética que serão transmitidas através das mãos em contato com as chapas, quando algo atravessa a pessoa-antena, o painel luminoso se altera.”

IMG_7882

12376424_10153425373508935_6079644009552374232_n

(Vista da Exposição O Que Caminha ao Lado)