Intervalo

“Intervalo”
Ano: 2009
Materiais: Rádio portátil AM/FM, ponteira laser, LDR e demais componentes eletrônicos.
Medidas variáveis
Um rádio AM/FM é cortado ao meio, suas partes separadas são fixadas uma em cada extremidade de uma passagem. O aparelho está ligado na tomada e ainda emite som. Mesmo com o seu dispositivo de recepção de um lado e seu alto falante no outro, ele continua emitindo a transmissão do canal em que foi sintonizado e sua manifestação sonora só é interrompida quando um corpo passa entre seus dois módulos.
Através de uma corrupção funcional no sistema eletrônico do objeto disposto, é apontada a sensível (e muitas vezes inerente) alteração, atuação e relação do espaço expositivo com a presença do visitante.

Trabalho participou da exposição Noves_Fora no Espaço Beco da Arte, São Paulo/SP

Nesse projeto, um objeto eletrônico de comunicação popular (rádio AM/FM) com manuseio simples é cortado ao meio separando suas partes e dispostas em determinada área, onde seu funcionamento só ocorre novamente com a utilização de um mecanismo artificial tecno-analógico inserido dentro de seu circuito inerno, que o faz retornar ao seu ponto útil inicial.
O sinal de transmissão sonora é restabelecido, mas sua interrupção provável acontecerá no momento em que um corpo ultrapassar seu perímetro linear.
Os processos de todo o projeto se deslocam num ciclo, onde ao anular a transmissão com a passagem do corpo interativo à instalação, retoma-se o ponto inicial de corte – antes da massa , agora de seu canal quase virtual de conexão.
Os aspectos visuais se pervertem ao reconhecimento retiniano,  observando de imediato o objeto, damos como inutilizado na sua atual forma, porém ao percebemos que o mesmo ainda permanece acionado e transmitindo determinada comunicação, abrangemos os sentidos e os colocamos numa situação de confronto onde as situações opostas criam um embate de reconhecimento dentro do campo cognitivo.

Montagem/Informações Técnicas:
>Fixação através de parafusos embutidos na carcaça do rádio.
>>A área de comunicação laser é variável, seu feixe pode seguir até dois metros sem alterar a qualidade do som.
>>> Tensão 110V  (podendo dispor com umconversor para 220V)

Para a exposição Noves_Fora foi montado uma publicação em colaboração com Renan Araujo (design) e Isabella Rjeile (texto)

As publicações continham trabalhos gráficos de todos os artistas da exposição
Design + Texto
_cópia da cópia do desenho perdido de Intervalo_
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s